O deputado federal Marcelo Matos (RJ) anunciou na noite desta quinta-feira (25) sua filiação ao PHS, que agora já soma seis deputados federais em sua bancada na Câmara.

Matos fez sua escolha de se transferir para o PHS com base na recente Emenda Constitucional, promulgada pelo Senado em 18 de fevereiro, que permite a desfiliação partidária sem perda de mandato a quem deixar a sigla nos 30 dias seguintes à promulgação.

O deputado, agora solidarista, estava no PDT. "Estou muito feliz em anunciar essa decisão e um dos principais motivos é a minha relação com meu irmão Sandro Matos, que hoje preside o PHS no Rio de Janeiro. Não tinha nem sentido ficarmos em partidos diferentes", afirmou o deputado.

Sandro Matos é presidente estadual do PHS Rio e prefeito da cidade de São João de Meriti. Segundo o presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado, ao lado do secretário Nacional de Articulação Política, Osmar Bria, o prefeito Sandro foi fundamental nessa articulação política que dá ao PHS mais espaço dentro do Congresso Nacional.

"Sem dúvida foi muito importante para nós o trabalho do Sandro e do Osmar Bria. O PHS hoje dá mais um passo na construção de sua história de crescimento", garantiu Eduardo Machado.

O deputado Matos lembrou que chega ao PHS para somar com o irmão dentro do estado e com a Bancada Federal na Câmara. "Minha relação é muito boa com os deputados do PHS e tenho certeza que faremos um excelente trabalho juntos. No Rio, ao lado do Sandro, a proposta é fazer a composição no nosso estado para articular o partido melhor nos municípios e preparar o PHS para as eleições municipais e de olho em 2018", finalizou.

Marcelo Matos começou sua carreira política no PDT, onde foi eleito para seu primeiro mandato já como deputado federal, em 2010. Em 2014, foi reeleito federal pelo estado carioca.

O deputado tem 47 anos, é casado e tem três filhos.

Bancada do PHS tem mais um deputado federal filiado

Deixe uma resposta