Campanha de filiação é destaque no Rio de Janeiro e no Acre

A Executiva Nacional do PHS parabeniza, em especial, os solidaristas e dirigentes do PHS nos estados do Rio de Janeiro e do Acre. O partido realiza campanha de filiação desde novembro de 2013 e, segundo balanço do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), até abril de 2014, esses foram os estados que mais se destacaram no número de novas filiações do PHS.

De acordo com o balanço do tribunal, o Acre ampliou em 650% a quantidade de solidaristas. Com uma área que representa cerca de 2% do território brasileiro e com apenas 22 municípios, o estado tinha poucos representantes do PHS. No último ano, em um trabalho direto com os municípios, o presidente da Comissão Executiva Estadual, Manoel Roque, conseguiu sucesso ao alcançar esse número.

“Hoje, de fato, o PHS existe no estado do Acre. Estamos muito felizes com esse resultado da campanha e parabenizamos todos os envolvidos que, em um trabalho direto com a população local, fez com que o partido entrasse para a lista dos mais conhecidos do Acre. Essa foi uma ação de inclusão do nosso projeto dentro do Acre”, destaca o presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado.

No Rio de Janeiro, o presidente Estadual Marcelo Piuí, que é também vereador da capital, ao lado dos solidaristas em todas as cidades, conseguiu com que o PHS passasse de 10 mil para 15 mil filiados nesses últimos cinco meses.

“No Rio de Janeiro, a condição é totalmente oposta. É um estado muito grande e a dificuldade de alcance em todas as cidades é ampliada. É um dos grandes centros do poder e essa evolução de 50% no número de filiações prova que o PHS tem boa recepção em todas regiões do Estado e que o Marcelo Piuí tem feito um excelente trabalho”, afirma o secretário-geral do PHS, Luiz França, que coordena a campanha.

Deixe uma resposta