Carlos Andrade vai presidir mesa redonda sobre apagões em Boa Vista

O deputado federal Carlos Andrade aprovou requerimento, na Comissão de Minas e Energia, nesta quarta-feira (29), destinado à realização de uma mesa redonda para ouvir os gestores do sistema elétrico na região. O encontro se dará em Boa Vista (RR), em data a ser definida.

Antes da aprovação, Carlos Andrade fez uma defesa técnica da proposta. "Os roraimenses sofrem com os apagões contínuos, sem explicações plausíveis. Será o momento de aprofundar a questão e darmos uma explicação à sociedade", disse.

O deputado citou estudantes, jornalistas, pacientes da rede pública de saúde, estudantes, comerciantes e empresários como as categorias mais afetadas pelas interrupções. Para Carlos Andrade, "A Aneel, agência reguladora e responsável pela fiscalização, tem muito a explicar".

O Ministério Público de Roraima enviará um representante, que, provavelmente, será um promotor ligado à Defesa do Consumidor. A Eletronorte e as companhias energéticas estadual e federal também foram convidadas a expor suas razões.

A mesa redonda tem apoio dos demais deputados e senadores e é a primeira a ser realizada em território roraimense. Carlos Andrade afirmou que a Linha de Transmissão Boa Vista-Manaus, parada há três anos por falta de anuência da Funai, também será objeto de discussão na mesa redonda.

“A dependência da energia gerada na Venezuela precisa ser uma página virada a curto ou médio prazo", finalizou Carlos Andrade.

Os deputados Joaquim Sampaio, do Pará, e Expedito Neto, de Rondônia, irão prestigiar o evento em Roraima. Eles subscrevem o requerimento de Carlos Andrade, que deve viajar a Porto Velho e Belém para participar de discussões sobre os problemas na geração e distribuição de energia naqueles estados. 

Deixe uma resposta