Comissão Executiva Nacional estabelece meta de votos para dirigentes municipais.

A Comissão Executiva Nacional do PHS e o Conselho Gestor Nacional se reuniram nesta quarta-feira (6), em Brasília, na sede nacional do partido. A assembleia foi convocada pelo presidente Nacional, Eduardo Machado.
 
Entre outras deliberações, os solidaristas trataram sobre a aprovação  da resolução estatutária que dispõe sobre a fidelidade do voto para as eleições de 2014. Os membros da CEN e comissões definiram que os dirigentes de cada municipal serão  responsáveis   por trabalhar para que o PHS obtenha, no mínimo, 1% dos votos válidos nos municípios onde não houver nenhum candidato  a deputado federal. Caso a municipal não obtenha o mínimo exigido, o mandato de dirigente estará automaticamente extinto, em 6 de outubro. 
 
Segundo Eduardo Machado, a intenção é que o PHS obtenha avanços significativos em todos os municípios brasileiros. "Mesmo aquelas cidades que não têm um candidato do PHS nessas eleições terão um trabalho que visa ao fortalecimento do partido", destaca o presidente nacional.
Os solidaristas debateram, ainda, sobre os passos que o partido dará nos próximos dois meses que antecedem a disputa eleitoral.

Clique aqui para acessar a resolução

Deixe uma resposta