Deputado do PHS é vice-presidente da CPI da Petrobrás

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras elegeu na manhã desta quinta-feira (5), por voto secreto, seus três vice-presidentes.  A Bancada Federal do PHS foi indicada com o nome do deputado federal Kaio Maniçoba (PHS-PE). Aos 31 anos, Maniçoba assumiu seu primeiro mandato político já na Câmara dos Deputados e se destaca ao lado da bancada do PHS.

Maniçoba será o 3ª vice-presidente dessa importante CPI. A 1ª vice-presidência será ocupada pelo deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA) e a 2ª, pelo deputado Félix Mendonça (PDT-BA).

A criação de quatro sub-relatorias para a CPI da Petrobras causou polêmica e discussão no plenário 2, com gritos e trocas de ofensas. O tumulto começou com o anúncio, pelo presidente da comissão, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), da criação de quatro sub-relatorias, o que provocou grande discussão. Como eleito, Maniçoba já compõe a mesa ao lado dos outros membros da CPI.

A reunião segue no Plenário 2 da Casa, na tarde desta quinta-feira.

O presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado, elogiou a atuação dos deputados solidaristas e empenho na Câmara Federal. "Estou muito feliz com o desempenho dos nossos deputados federais. Todos eles participarão das mais importantes comissões da Câmara dos Deputados", afirmou.

 

Deixe uma resposta