Executiva do PHS é recebida pelo vice-procurador Eleitoral

A Executiva Nacional do PHS, representada pelo presidente Nacional Eduardo Machado e pelo secretário-geral Luiz França, foi recebida no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo vice-procurador Eleitoral, Eugênio José Guilherme de Aragão. No encontro, foram tratados diferentes assuntos políticos partidários, eleições de 2014 e a campanha eleitoral.

Na ocasião, o vice-procurador Aragão falou sobre os principais objetivos de sua gestão à frente da procuradoria. Ele foi convidado a assumir o cargo pelo procurador-geral Rodrigo Janot, que tomou posse há um mês, depois de ter vencido a disputa como 1º colocado na lista do Ministério Público e ter sido confirmado no cargo pela presidente Dilma Rousseff (PT).

O nome de Eugênio Aragão esteve na lista entre os cotados para assumir a vaga do ministro Aires Brito no STF (Supremo Tribunal Federal). Hoje, o procurador é o braço direito de Rodrigo Janot.

Em entrevistas recentes, Aragão se mostrou contrário ao grande número de partidos existentes no Brasil. Ele acredita que o TSE criou incentivos para novas legendas a partir do momento em que determinou o direito de tempo de televisão para os filiados dessas siglas.

Para o presidente Eduardo Machado, o encontro é essencial para estreitar a relação do PHS com as autoridades eleitorais. "Essas reuniões estão cada vez mais frequentes e isso só prova a força do PHS, que é reconhecido em todo o Brasil. O partido já é referência na atuação política", destaca.

Eduardo lembra que o trabalho do PHS segue as regras determinadas pela TSE. "Os solidaristas estão atentos às novidades sobre campanha eleitoral e vamos fazer um trabalho exemplar até as eleições de 2014, quando o partido pretende eleger um deputado federal em cada unidade da Federação", finaliza.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta