O IPHS (Instituto de Pesquisas Humanistas e Solidaristas) foi concebido em 10 de agosto de 1991 e fundado em 02 de março de 1993. O IPHS é uma sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, com prazo de duração indeterminado.

O Instituto é um órgão de formação política, estudo e pesquisa, fundamentado no ideário Humanista e Solidarista, iluminado este pela Doutrina Social Cristão e inspirador dos textos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da Carta da Constituição da Organização das Nações Unidas que exaltam a dignidade da pessoa humana, dotado de autonomia para contratar com instituições públicas e privadas, prestar serviços, criar e manter estabelecimentos de acordo com suas finalidades, podendo ainda manter intercâmbio com instituições nacionais ou sediadas no exterior.


O IPHS tem como objetivos:
1 – estudar e difundir o pensamento Humanista e Solidarista em todas as vertentes;
2 – contribuir para a criação e desenvolvimento de instrumentos de ação inspirados no pensamento Humanista e Solidarista;
3 – contribuir para a consolidação do regime democrático e para a conscientização cívica da população;
4 – contribuir para a efetiva participação comunitária na obtenção de dados, definição e apuração de índices de avaliação e elaboração de políticas públicas municipais;
5 – ensejar reflexões sobre a economia solidária;
6 – colaborar na aproximação entre as entidades de inspiração Humanista e Solidarista, sob a égide do ecumenismo;
7 – realizar programas e eventos de reflexão e formação política para dirigentes e militantes de Partidos comprometidos com a preservação da liberdade democrática;
8 – contribuir, no seu papel de núcleo gerador de pensamento, para a formulação de projetos, planos e programas de inspiração Humanista e Solidarista;
9 – desenvolver ações editoriais relacionadas com os objetivos sociais;
10 – produzir, para uso próprio do IPHS ou de terceiros, materiais didáticos e de propaganda destinados à difusão do pensamento Humanista e Solidarista;
11 – participar de todos os esforços que visem preservar a pessoa humana no seio da comunidade, como protagonista e destinatária de todos os atos políticos;
12 – desenvolver as ações afins, que visem aos objetivos do IPHS.