Grupo de Oração é implantado na Câmara dos Deputados

Quarta-feira, às 8h30. Esse é o dia e horário em que se reúne na Câmara dos Deputados, em Brasília, um novo Grupo de Oração, denominado Beata Elena Guerra. A iniciativa é do deputado federal Diego Garcia (PHS-PR), em parceria com  membros da Renovação Carismática Católica (RCC) da capital e do Estado do Paraná, além de outros parlamentares.

A implantação do Grupo de Oração na Casa foi marcada por uma missa, presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Brasília, Dom José Aparecido, em 27 de maio. A celebração enviou em missão os servos que irão conduzir o novo grupo.

Para o coordenador estadual do Ministério de Fé e Política da RCC do Paraná, Reinaldo Batista, o Grupo de Oração é um grande projeto de Deus. "Pedimos a oração de todas as pessoas ligadas ao movimento da RCC para que o Espírito Santo guie o nosso representante nessa missão", frisou.

Diego Garcia faz parte do Ministério de Pregação da RCC e conta que a iniciativa foi considerada ousada por muitas pessoas, entretanto, seu desejo é fazer do Congresso um lugar onde Deus habita, com ações pautadas pela fé. Convidado por servidores da Casa, ele se tornou o primeiro deputado a pregar na Câmara, no dia 27 de abril. "Desde o início, este sonho esteve no meu coração e no coração dos membros do Ministério de Fé e Política", destacou o parlamentar.

Há 12 anos, o deputado participa da RCC, inclusive, ele elegeu um conselho de mandato com pessoas ligadas ao movimento. Esse grupo, formado por coordenadores diocesanos, terá a função de fiscalizar e orientar as ações dele na Câmara.

Frente Católica

Nesta semana, foi lançada a Frente Parlamentar Católica do Congresso Nacional. Os parlamentares que integram a frente participaram da Santa Missa celebrada pelo arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, Dom Sérgio da Rocha, na Capela Nossa Senhora Aparecida, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O coordenador da Frente Católica é o deputado Givaldo Carimbão (PROS/AL).

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta