Ministra Cármen Lúcia participa de sua última sessão no TSE

A ministra Cármen Lúcia participa, nesta quinta-feira (14), de sua última sessão como presidente e ministra do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O seu biênio no TSE se encerra no próximo dia 20. Seu sucessor será o ministro Marco Aurélio, que terá como vice o ministro Dias Toffoli.

Cármen Lúcia foi empossada como ministra titular do TSE no dia 19 de novembro de 2009, no lugar do ministro Joaquim Barbosa, que renunciou ao cargo. Em 6 de março de 2012, foi nomeada presidente do tribunal e substituiu o ministro Ricardo Lewandowski, em 18 de abril.

Mineira de Montes Claros, mas criada em Espinosa, a ministra também é membro efetivo do Supremo Tribunal Federal (STF).

O novo presidente do TSE, ministro Marco Aurélio, ocupará o cargo pela terceira vez. Ele assumiu pela primeira vez a Presidência do TSE de 13 de junho de 1996 e a 1º de junho de 1997, quando participou do processo de informatização das eleições no país. Em abril de 2006, assumiu novamente o cargo. Desde 13 de maio de 2010 exerce novo período no Tribunal como ministro titular. A posse está marcada para o dia 19 de novembro.

Composição

Cada ministro do TSE é eleito para mandato de dois anos, com uma possibilidade de recondução. O Tribunal é composto por, no mínimo, sete ministros, sendo três do Supremo Tribunal Federal (STF), dois do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e dois escolhidos pela Presidência da República a partir de listas tríplices de advogados indicados pelo STF. Tanto o presidente como o vice são ministros do STF, enquanto o corregedor-geral da Justiça Eleitoral é um ministro do STJ.  

* Com informações do TSE

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta