PHS apoia chapa que tem DEM/PSDB/PMDB no estado da Bahia

Eu reunião nesta segunda-feira (9), em Salvador, a Executiva Nacional do PHS, representada pelo secretário-geral Luiz França, selou apoio do PHS Bahia com a oposição no estado.

O PHS baiano, liderado pelo presidente Marcelo Guimarães Filho, vai compor a chapa majoritária conhecida como “chapa das oposições”, que tem como pré-candidatos o ex-governador Paulo Souto (DEM), que tenta o governo novamente; Joaci Góes (PSDB) como vice; e ainda o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) para o Senado.

Segundo o pré-candidato ao governo da Bahia, esta aliança já reúne outros oito partidos (PV, PRP, PTdoB, PRB, SDD, PROS, PTC), além do PHS e dos majoritários. A expectativa dos oposicionistas é que, até a realização da convenção, outros partidos formalizem também o apoio à chapa e o número de legendas chegue a 19.

Participaram da reunião o ex-deputado Marcelo Guimarães, Geddel Vieira Lima (PMDB), Luiz França (PHS), Paulo Souto (DEM), deputado Marcelo Guimarães Filho (presidente do PHS-BA), Joaci Góes (PSDB) e Miguel Rehem (presidente do IPHS).

Souto agradeceu o apoio dos solidaristas e destacou que essa coligação ganha ainda mais força para enfrentar as Eleições de outubro. “Os baianos querem e precisam de um governante que acorde cedo, que chame a responsabilidade pra si e que goste de trabalhar”, afirmou.

Segundo o presidente estadual, Marcelo Guimarães Filho, a decisão se deu após análise do cenário na Bahia e conclusão de que a chapa das oposições tem os nomes mais preparados e que mais conhecem a Bahia.

O secretário Luiz França destacou que o estado passa por um momento especial. “O PHS na Bahia cresceu muito nos últimos meses e a Executiva Nacional tem certeza que esse trabalho será continuado e terá resultados satisfatórios nas Eleições estaduais”, finaliza.

Segundo a última pesquisa Ibope na Bahia, o ex-governador Paulo Souto (DEM) seria eleito em primeiro turno. O democráta teria 42% das intenções de voto, contra 11% da senadora Lídice da Mata (PSB). Já o candidato do PT, o deputado federal Rui Costa, apoiado pelo governador Jaques Wagner (PT), apareceu apenas na terceira colocação, com 9% das intenções. Para o Senado, a pesquisa mostra o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) na primeira colocação, com 34% dos votos. 

Deixe uma resposta