PHS é o partido que mais votou com o Ministério Público

Matéria divulgada pela Folha de São Paulo, mostrou que oito partidos foram contra o Ministério Público em todos os destaques importantes na votação do pacote anticorrupção na Câmara dos Deputados.

A publicação destaca que, na contramão, o PHS foi o partido que mais ficou do lado do Ministério Público nas votações relevantes. O texto lembra que com sete deputados federais, a Executiva Nacional liberou seus parlamentares e também orientou pela manutenção do teor que chegou ao plenário da Câmara.

Na última semana, o plenário da Câmara passou a madrugada do dia 30 de novembro votando alterações do pacote anticorrupção, originalmente levado ao Congresso pelo Ministério Público Federal na forma de um projeto de iniciativa popular que reuniu 2 milhões de assinaturas.

A Executiva Nacional lembra que considera um ato de democracia deixar seus parlamentares livres para as votações, apesar de orientar pelo que entende como o melhor caminho. “Fazemos sempre reuniões com a Liderança e os deputados para tratar os temas e chegar a algum consenso, mas no PHS não trabalhamos com imposição. Para nossa alegria, o que temos visto sempre é que os solidaristas têm tomado decisões acertadas em nome do povo brasileiro”, afirma o presidente Nacional Eduardo Machado.

Clique aqui e leia matéria completa da Folha de São Paulo

Deixe uma resposta