O PHS (Partido Humanista da Solidariedade) lamenta a morte do grande líder sul-africano, o ex-presidente Nelson Mandela, ocorrida nesta quinta-feira (5). Mandela estava com 95 anos e era o conselheiro político da África do Sul.

O mais importante nome na luta contra a opressão do apartheid racista colaborou para que o mundo todo tivesse um pouco mais de humanismo. Mandela foi o primeiro presidente negro do país sul-africano.

"Que o exemplo de Madiba, como é carinhosamente chamado pelo povo da África do Sul, seja seguido em todos os cantos do mundo", afirma o presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado.

"O mundo acaba de perder um ícone da luta pela igualdade racial", lamenta o secretário-geral Luiz França.

PHS lamenta a morte do grande líder Nelson Mandela

Deixe uma resposta