PHS lamenta morte de Oscar Noronha Filho (PMN)

O PHS (Partido Humanista da Solidariedade) lamenta a morte de um dos fundadores e Presidente de Honra do PMN (Partido da Mobilização Nacional), o advogado Oscar Noronha Filho. O político completou 99 anos em janeiro e enfrentava problemas de saúde.

Noronha se despediu da presidência do PMN em março de 2014, mas ainda era o Presidente de Honra da sigla. Em sua carta de renúncia, lembrou que o político deve servir a seu partido e não servir-se dele.

Noronha é autor da Carta de São João Del Rey, que sintetiza o pensamento do movimento “A Retomada da Inconfidência”, que resultou na formação do PMN.

Ele nasceu em 9 de janeiro de 1916, na cidade de Caxambu (MG) e vivia no Rio de Janeiro, ao lado da esposa. Era advogado, militar, funcionário público. Foi deputado federal de 1964 até 1967. Teve filiação partidária no PTB e MDB e em 1984 integrou o grupo que fundou o PMN.

“A política perde um grande nome. Um homem honrado e que muito vez pelo Brasil”, afirma o presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado.

A Executiva Nacional do PHS se solidariza com a família neste momento.
Que Deus dê conforto a todos!

Deixe uma resposta