25 de maio de 2017

PHS Mulher

CARTA ABERTA ÀS MULHERES SOLIDARISTAS

 

   Ouvimos constantemente que é hora e vez da mulher. Será que é  hora mesmo? Ou sempre marcaremos nossa presença com ações e atitudes pontuais?
   O mito de um futuro já conquistado não condiz absolutamente com a nossa realidade, porque jamais deixamos de lutar e avançar com ousadia em nossos propósitos. Nossa luta, entretanto, é bem antiga e trazemos no peito a estrela da busca de paz,  igualdade, respeito ao próximo, do cuidado com a natureza e esforço permanente em torno de um mundo melhor, que sabemos não está aí, pronto. E o que vemos nesse chamado "presente", nem de longe se assemelha ao nosso ideal…
   Como mulheres do PHS – Partido Humanista da Solidariedade, temos uma missão de altíssima responsabilidade e devemos dar o melhor para honrar aqueles que depositaram confiança em nosso trabalho, sem esquecer de que o legítimo interesse público deve ficar sempre em primeiro lugar.
Longe de palmatórias do mundo, temos o compromisso de mobilizar mulheres para a qualidade de vida; atendendo-as com maior honestidade e lisura, bem como apontando caminhos e soluções, num diálogo democrático e humanista.
   O PHS Mulher Nacional nasce do desejo de muitas mulheres, espalhadas por todos os cantos do país. Queremos construir uma sociedade mais solidária. Precisamos dar oportunidade a todas as mulheres do Brasil, representantes fidedignas de bairros, comunidades, cidades e estados, reforçando o trabalho daquelas que lutam por seus direitos, mas que nem sempre a sociedade quer ouvir. Somos o canal de acatamento de legítimas demandas, promovendo debates e seus respectivos encaminhamentos.
   Que o PHS Mulher Nacional tenha voz para gritar, cabeças pensantes e competência para exigir providências! Que possamos sempre ter capacidade de nos sensibilizar pela dor do outro e possamos nos indignar, agindo com sabedoria diante dos problemas que demandem soluções imediatas!
Precisamos fortalecer a presença das mulheres em todos os espaços da sociedade. E o compromisso de nós, Mulheres Solidaristas,  é lutar pela igualdade, sem o menor vestígio de discriminação.
   Precisamos construir uma plataforma política de mulheres a ser assumida e implementada por governos solidaristas. Nosso objetivo será o de transformar em políticas públicas as demandas das mulheres e suas reivindicações, em nome do bem comum.
Com alma, coragem e determinação, nós, as Mulheres Solidaristas, estaremos construindo a história de um partido que será reconhecido pela persistência política, em  busca da edificação de uma sociedade mais justa, igual e realmente humanista.
   Nós, mulheres do PHS Nacional, fazemos da solidariedade um reencontro com a vida dos que sonham com um mundo novo, onde se possa continuar a ter esperança e contamos, para esse objetivo, com a cara e a coragem da mulher brasileira, forte e guerreira que jamais foge à luta!

 

NOSSOS OBJETIVOS


• Campanha Nacional de Filiação para incentivar mulheres a se filiarem ao PHS;

• Dilatação do raio de ação e poder para as mulheres, ampliando-lhes os espaços de participação nos partidos políticos e em todas as instâncias de poder;

• Reunião dos setores mais combativos do movimento de mulheres, numa avaliação das políticas públicas e de representação, visando à atuação de mulheres no novo cenário político brasileiro;

• Desenvolvimento de campanhas sociais permanentes, promovendo a união das mulheres do partido e respeitando a história de vida de cada uma;

• Capacitação das mulheres para o exercício de liderança,   através da escolha de lutas e bandeiras, mobilizando e elevando a compreensão do povo brasileiro;

• Zelo por nossos direitos e solicitações, bem como a sua divulgação entre parlamentares, homens e mulheres, incentivando a criação de Secretarias de Mulheres nos municípios em que o PHS tem mandatários/as;

• Luta constante pela mudança da imagem da mulher na mídia, elevando sua autoestima, com vistas à integração da perspectiva de gênero nas atuais políticas de comunicação;

• Política de Geração de Renda com qualificação profissional em todos os níveis de escolaridade, impedindo a discriminação no acesso ao emprego e as diferenças salariais;

• Acessibilidade de novas atitudes, propugnando a mudança de hábitos e atitudes dos cidadãos em geral, rumo à melhor qualidade de vida.

 

AÇÕES PRÁTICAS

 

• Edição de revista bimestral, promovendo a valorização de mulheres solidaristas;

• Criação da CASA SOLIDARISTA, onde iremos promover encontros para ouvir as mulheres, registrar seus depoimentos e trocar experiências,  tencionando motivá-las à participação do partido político;

• Criação de um blog para estimular lideranças do universo feminino a ser nossas articulistas, com entrevistas permanentes;

• Criação da "Cartilha da Bolsa", integrando a sua comunidade no movimento de mulheres e divulgando as suas atividades após a chegada no movimento PHS Mulher;
  
• Criação de Concursos Fotográficos e Literários, sob o lema "MULHERES VISTAS POR MULHERES", oferecendo, com isso, a oportunidade de expressão de como vemos nossas companheiras, com exposição de fotos e textos;

• Formulação de atividades educativas e de prevenção das DST/AIDS, voltadas para a saúde da mulher em geral e capacitando os agentes multiplicadores de prevenção junto às comunidades locais, bem como a criação de um centro de atendimento para as mulheres que saem do hospital e reiniciam suas vidas, após terem sido salvas de algum mal de saúde, sobretudo de doenças crônicas, incentivando-lhes a retomada da adaptação e convivência na sociedade;

• Incentivo ao desenvolvimento sustentável, em que se cultive a solidariedade com a nossa geração e as gerações futuras;

• Criação de espaços culturais para organizar e promover projetos, programas e atividades criativas, servindo como núcleos irradiadores de cultura e contribuindo para o aprimoramento artístico e intelectual das mulheres solidaristas;

• Incentivo à amamentação e doação de leite materno, ampliando os Bancos de Leite e assegurando a proteção materno-infantil, bem como acesso ao pré natal;

• Atenção às crianças e adolescentes em situação de prostituição, prevenindo-as contra as drogas e o fenômeno da exploração sexual;

• Sistema de Creches Universal – SCRU – municipalizado e de acordo com as regiões para atender às Chefes de Família, divulgando ações de  planejamento familiar;

• Criação de serviços de assistência jurídica, em parceria com universidades, para atender vítimas de violência doméstica;

• Luta pela justa isonomia salarial, que equipare nossos salários aos dos homens;

• Desenvolvimento de esforços para organizar o I Congresso Nacional de Mulheres Solidaristas, que homenageie com o troféu "MULHER SOLIDARISTA" as que mais se destacaram no ano de 2012 por suas meritórias atitudes humanistas;

• Construção de tendas itinerantes em praças públicas, com palestras e atendimento à população, o que aumentará o raio de ação do PHS nas ruas.