PHS oficializa apoio nacional à candidatura de Eduardo Campos

O PHS (Partido Humanista da Solidariedade) dará apoio ao pré-candidato à Presidência de República Eduardo Campos (PSB). O anúncio foi feito no início da noite desta sexta-feira (23), em São Paulo. Desde novembro, em sua Plenária Nacional, o partido já tinha oficializado que não teria candidato próprio.

Após muito diálogo com os pré-candidatos e reuniões com a Comissão Executiva Nacional do PHS, o presidente Nacional, Eduardo Machado, anunciou aos filiados como caminharia o partido para as eleições de outubro.

“Eduardo Campos tem demonstrado ser um grande gestor público. Fez um dos melhores mandatos que um governador poderia fazer e foi reeleito com 83% dos votos em Pernambuco. Acreditamos ser o eixo que está tentando construir uma nova agenda de desenvolvimento para o Brasil”, destacou.

“Essa decisão nos enche de energia para a caminhada que teremos. Os dois partidos podiam ter optado por uma situação mais tranquila e com cargos, mas decidiram estar com o povo e partir para uma luta que será árdua”, disse Eduardo Campos.

Segundo o presidente nacional do PRP, Ovasco Resende, a opção por Campos aconteceu de forma natural. “Hoje, o brasileiro carece de um zelo governamental. Eduardo Campos já mostrou como governador que tem essa preocupação. Por isso, pela primeira vez estaremos disputado de verdade uma eleição presidencial, com um candidato digno”, disse o presidente do PRP.

O evento ocorreu na Câmara Municipal de São Paulo e contou com a presença de representantes da coligação PHS/PRP no estado paulista. Os dois partidos participam desse ato de apoio a Eduardo Campos. Além de toda a Comissão Executiva Nacional do PHS, também estiveram no evento o presidente do PHS São Paulo, vereador Laércio Benko; o presidente Nacional do PRP, Ovasco Resende; o presidente do PHS Rio de Janeiro, Marcelo Piuí; e vários outros mandatários e filiados do PHS de vários estados brasileiros.

Deixe uma resposta