O presidente Nacional do PHS, Eduardo Machado, foi convidado pela Presidência da República a integrar a comitiva da presidenta Dilma Rousseff (PT), nesta segunda-feira (4), em Arapongas (PR). Dilma lançou o programa Terra Forte, que vai investir R$ 600 milhões em projetos de agroindústria para 200 assentamentos, como o inaugurado no assentamento Dorcelina Folador.

Arapongas é governada pelo prefeito Padre Beffa (PHS). Ele teve 29.847 votos (47,88% do total). Em todo o estado do Paraná, o PHS elegeu dois prefeitos, dois vice-prefeitos e 31 vereadores.

Investimento

O Programa Terra Forte contará com recursos de R$ 300 milhões, sendo R$ 150 milhões do fundo social do BNDES, R$ 20 milhões da Fundação Banco do Brasil e R$ 130 milhões dos demais parceiros – Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério do Desenvolvimento Social, Incra e Conab. Além disso, o Banco do Brasil disponibilizará R$ 300 milhões em crédito para as cooperativas investirem em agroindústrias, totalizando R$ 600 milhões em recursos.

Para o presidente Eduardo Machado, a iniciativa contempla um grande número de famílias que aguardavam por isso. “Fiquei muito bem impressionado com algumas coisas que vi nesta segunda-feira aqui no Paraná. Em 1º lugar, a extrema organização do MST. O Assentamento Dorcelina Folador é um exemplo de organização e sucesso que encantou a todos da comitiva presidencial. Também me impressionou o quanto a presidenta Dilma é amada pelo público. Ela foi ovacionada quando discursou para a população local”, destacou o presidente.

Depois de Arapongas, a comitiva da presidenta Dilma seguiu para Cascavel (PR) onde visitou uma feira Agropecuária e entregou máquinas com recursos do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento).

Presidente Nacional do PHS acompanha Dilma Rousseff no Paraná

Deixe uma resposta