Recadastramento biométrico ultrapassa 64% da meta da Justiça Eleitoral

Dados atualizados da Justiça Eleitoral mostram que 8.885.161 eleitores de 24 Estados e do Distrito Federal já colheram as digitais e estarão aptos para votar após serem identificados por meio da urna com leitor biométrico nas eleições gerais de 2014. Eles representam 64,28% dos cerca de 13,8 milhões de eleitores convocados para regularizar a situação nesta terceira etapa do recadastramento biométrico, que vai até o final de março.

Dentre as unidades da Federação, Minas Gerais é o Estado com o maior percentual de eleitores recadastrados (86,62%), seguido por Roraima (84,21%) e Rondônia (84,02%). Por outro lado, os menores índices de atendimentos são registrados no Amazonas (32,09%), Santa Catarina (37,51%) e Espírito Santo (39,10%).

Já em número absoluto, o Distrito Federal atendeu a maior quantidade de eleitores, pois já recadastrou 1.258.112 (67,50%) dos 1.863.884 votantes. No DF, todo o eleitorado foi convocado para fazer a biometria.

Além de Brasília, outras nove capitais participam desta fase do recadastramento: Rio Branco-AC, Macapá-AP, São Luís-MA, João Pessoa-PB, Recife-PE, Teresina-PI, Natal-RN, Boa Vista-RR e Palmas-TO. A previsão é de que a revisão eleitoral seja feita em 492 municípios, dos quais 437 já iniciaram o processo.

Nas Eleições 2014, a meta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é que mais de 23 milhões de cidadãos sejam identificados pelas digitais. Para tanto, de 2012 a 2014, o Programa de Identificação Biométrica da Justiça Eleitoral pretende recadastrar 16 milhões de eleitores, que se juntarão a outros 7,7 milhões já recadastrados para as Eleições Municipais de 2012.

O recadastramento biométrico foi realizado de forma pioneira no país, com foco nas eleições municipais de 2008, em três cidades brasileiras: Colorado do Oeste-RO, Fátima do Sul-MS e São João Batista-SC. Na ocasião, foram recadastrados mais de 40,7 mil eleitores dessas localidades.

* Com informações do TSE

Deixe uma resposta