Solidaristas lamentam a morte do deputado Miguel Martini

O PHS (Partido Humanista da Solidariedade) lamenta a morte do deputado Miguel Martini, sepultado nesta-quinta (17) em Minas Gerais.

Martini teve sólida carreira política em Minas e ficou reconhecido pelo desempenho de seu trabalho. Ele foi deputado estadual por três vezes e deputado federal pelo PHS entre 2007 e 2011. Atualmente, ele atuava como presidente do Instituto Mário Penna.

Ele era formado em História e Engenharia Civil e foi apresentador de um programa de TV. O político tinha 58 anos, era casado e deixa dois filhos. Martini teve leucemia já lutava contra a doença.

Os solidaristas desejam que a família e os amigos sejam confortados nesse momento difícil.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta